Como um cão não tem o costume de escovar os dentes como nós humanos, as maneiras de cuidar da saúde bucal do seu pet acabam ficando um pouco mais restritas.

Fique atento aos sinais, como o mau hálito, uma vez que os cães estão mais suscetíveis à doença periodontal, e não às nossas conhecidas cáries. Essa doença é caracterizada por uma inflamação na gengiva pelo acúmulo de tártaro, que pode levar ao mau hálito e até a perda dos dentinhos em casos mais graves. Então, siga essas dicas e fique de olho!

Comece incentivando o hábito de escovar os dentes do seu pet, mas nunca com pasta de dente para humanos! Ela contém substâncias que podem fazer mal aos cães caso sejam ingeridas, como o flúor. Opte pelas pastas de dente veterinárias e escovas de dente macias, elas podem ser de humanos.

Para que o seu pet se acostume com essa atitude, incentive ele a experimentar a pasta e vá devagar, pois o cão pode ficar agitado com algo que desconhece, por isso essa parte requer paciência e até alguns petiscos para recompensá-lo pelo bom comportamento.

Fique de olho no tártaro, isto é, aquelas manchinhas na base do dente que variam entre a cor amarela e marrom. Infelizmente o tártaro não sai com a escovação, portanto procure um veterinário especializado na área para cuidar do seu cãozinho!

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

Compartilhe!