Uma pesquisa feita pelo instituto Society of Environmental Toxicology and Chemistry, nos Estados Unidos, mostrou que alguns brinquedos para cachorro, especialmente aqueles feitos de certos plásticos, contêm substâncias químicas nocivas e potencialmente mortais como o BPA, que é um disruptor endócrinos.

Os cientistas suspeitavam que quando os cães lambem e mastigam seus brinquedos de plástico, látex e vinil, eles têm o potencial de liberar substâncias químicas perigosas na boca e corpo dos cachorros. Esses compostos são adicionados aos brinquedos durante a sua produção para dar elasticidade e flexibilidade, mas também podem ser tóxicos.

Ao escolher o melhor brinquedo para o seu cão, os especialistas recomendam evitar qualquer brinquedo com cheiros químicos fortes. Evite brinquedos que sejam tratados com compostos resistentes a manchas ou produtos químicos retardadores de fogo. Considere os brinquedos educativos ou de entretenimento, aqueles com pequenos petiscos ou ração dentro, além de deixar seu cão estimulado evitam que mastiguem o brinquedo.

E, talvez o mais importante: faça sua pesquisa antes de comprar um novo brinquedo para seu cachorro. Visite os sites da empresa para fabricantes e estude etiquetas. As possibilidades de um brinquedo ser mais seguro crescem quando o fabricante é transparente sobre os componentes.

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

 

Compartilhe!