Quando temos um peludo e vamos apresentá-lo para nossos amigos e familiares, às vezes sentimos um receio por parte do cão. Mas, por que isso acontece?

Antes de mais nada, precisamos entender que os cães são animais de convívio em matilha, isto é, com outros cães. Além disso, possuem o instinto nômade. Os cães caminham por longas distâncias e precisam de atividade física diária.

Quando os pets se sentem desconfortáveis com outro cão ou com pessoas, o que é mais comum, geralmente significa que anteriormente ele pode ter tido uma associação negativa. Os cães que são traumatizados com algumas situações, exigem mais paciência dos donos por esse motivo. O que não necessariamente significa medo.

Mesmo que não seja possível identificar a real causa do desconforto do seu peludo, é possível revertê-lo dando segurança ao cão de que aquilo que ele está esperando que aconteça novamente, não irá se repetir.

Isso é possível fazer tratando a situação com normalidade, sempre que o cão demonstrar medo ou desconforto, não de retorno! Não o agrade, conforte ou de bronca. Qualquer atitude que ele perceba que está sendo recompensado, cria um estímulo positivo a ele, incentivando aquela atitude. Portanto, quanto mais naturalidade, mais rápido ele não irá associar mais a sensação negativa.

Forçar o peludo a ter contato com a pessoa ou o grupo que o deixou acanhado, só irá piorar. Deixe que ele perceba que isso é algo normal e parte da rotina através de encontros bem sucedidos.

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

Compartilhe!