A Universidade de Lincoln, no Reino Unido, fez um estudo e o publicou no American Journal of Veterinary Behavior focado nos efeitos que os cães têm sobre famílias de crianças com transtorno do espectro autista.

Os resultados indicaram que possuir um cão reduz o estresse e melhora o relacionamento em famílias que têm uma criança com o transtorno autista.

Felizmente, as crianças com autismo reagem bem à terapia assistida por animais. Mas, esse estudo foi o primeiro a dar uma perspectiva em como ter um cão de estimação na família também afeta os amigos e familiares próximos.

O professor Daniel Mills, disse sobre a pesquisa que eles encontraram uma relação significativa e positiva entre o estresse da família com a proximidade ao cão da família. Isso ressalta a importância do vínculo entre o cuidador e seu cachorro e os benefícios que eles dão.

Se você conhece alguém com autismo ou passa por isso, considere ter um peludo na sua vida! Com certeza ele irá trazer muita alegria para a família.

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

 

Compartilhe!