Cães guia passam por treinamento intensivo

 

O cão guia tem uma função mais do que especial na sua relação com os deficientes visuais. Esses cachorros tem por função de usar seus sentidos em prol da segurança de seus acompanhantes.

Os labradores são os cães perfeitos para a função pois, uma vez treinados, agem com foco no bem-estar dos deficientes visuais. Assim, mantém a calma diante das adversidades e aprendem a ignorar paparicos que recebem na rua quando em atividade.

A moldagem do comportamento desses cães passa por etapas. No primeiro ano de vida, eles ficam com uma família voluntária que dá todo o suporte para que o cão se socialize e obedeça aos comandos. Assim, ele fica apto a acompanhar os donos no transporte público ou em restaurantes, por exemplo.

Na etapa seguinte, o cachorro volta ao canil onde passará por novas etapas de treinamento pelos seus meses seguintes. Aqui pesa bastante o comportamento do cachorro. Se ele se mostrar arredio ou assustado, não pode exercer a função de cão-guia.

Agora, se ele se mostrar um Buda de tão paciente, pode pegar o crachá e assinar o contrato no RH.

Gostou desse post? Então mostre para todo mundo. Curta, comente e compartilhe nossos conteúdos.

Compartilhe!