Cachorro foi agredido gratuitamente

 

Se às vezes o Supremo Tribunal Federal (STF) toma umas decisões que nos deixam de cabelo em pé, o Poder Judiciário vez em quando também acerta. Um homem foi condenado pela Justiça do Rio Grande do Sul a indenizar a dona de um Yorkshire por ter matado a chutes o animalzinho.

Theo, o cãozinho de 11 anos, urinou em frente ao prédio onde residia Jorge Gilberto Lima dos Santos, que reagiu chutando o animal e xingando sua tutora. O agressor, que não foi preso, ainda terá de pagar outros R$ 20 mil ao Fundo Municipal de Proteção ao Meio Ambiente do município de Porto Alegre, onde ocorreram os fatos.

Curta, comente e compartilhe nossos conteúdos.

Compartilhe!