Eu não mereço essa friaca

 

A chegada do inverno deixa as pessoas elegantes. Permite que nós humanos nos deliciemos com comidas mais pesadas e bebidas quentes. É um convite a ficar em casa sob o cobertor com um parceiro (a) comendo pipoca e assistindo TV.

Mas os cães sofrem. Sobretudo os que moram na rua. Em especial aqueles que possuem pelo mais curto. Este último item encaixa perfeitamente no perfil da nossa musa e mascote símbolo Ianca. Daí que não tem jeito: quando a temperatura aperta, não resta outra alternativa senão vestir uma roupinha confortável e seguir a vida.

Curta, comente e compartilhe nossos materiais.

Compartilhe!