Às vezes quando uma atitude começa a ficar muito frequente, o alarme da preocupação acende. No caso das lambidas excessivas não é diferente.

Por mais que o ato de lamber seja principalmente uma atitude comportamental normal, alguns motivos de saúde física e mental podem iniciar as lambidas, chegando até a machucar o animal. Nesse caso, é melhor observar bem o seu pet e levá-lo ao veterinário caso comece a sair do controle.

Mas, para te ajudar a identificar a situação do seu amigo, listamos algumas causas das lambidas:

  • Para se comunicar: Quando nossos pets querem chamar atenção, eles podem lamber principalmente em casos de relação entre mães e filhotes;
  • Submissão: Quando um cão lambe outro, esse pode ser um sinal de que ele está submisso;
  • Amor: Quando um cão lambe ou se “esfrega” em outros cães ou nos donos, tratando-os como se fossem membros de sua matilha ou seus “pais”;
  • Machucados: Nossos pets lambem feridas por instinto. Mas, se for algo mais grave, isso pode causar uma infecção e outras doenças;
  • Pulgas: Como já falamos aqui as pulgas podem causar um desconforto grande nos animais, por isso, fique de olho para tratar essas pestinhas!
  • Estresse: Se lamber constantemente sem um motivo aparente, como dermatites e pulgas, sinaliza tédio ou estresse por acumulo de energia sem desgaste, passeios diários com horários fixos tendem a desaparecer com estes sintomas. Seu pet vai te agradecer!

Se o quadro do seu amigão não se encaixa em nenhum desses, existe uma outra razão para que eles fiquem se lambendo. Como cães são animais limpos, eles podem  se limpar quando saem de algum ambiente externo.

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

Compartilhe!