O Border é figura comum em filmes e comerciais

 

A moça com a bolinha na boca é a Dai, uma cachorra da raça Border. Ela tem uma amiguinha da mesma raça chamada Dela, que não gosta muito de aparecer. Você já deve ter passado pela televisão e visto comerciais estrelados por cães dessa raça. No cinema eles também são bastante requisitados para estrelar filmes. A causa? O Border é considerado o cachorro mais inteligente de sua espécie.

A sensibilidade desses cães é tamanha que já houve registro de casos em que eles salvaram a vida de pessoas idosas num momento de crise de saúde séria.

Esse cachorro surgiu na Inglaterra nos anos 1800 e ainda hoje é muito utilizado para atividades no campo, como a condução de outros animais como gado, ovelhas, cabras, entre outros. Com esse histórico, são ágeis e possuem muita energia e resistência física.

Diante dessa origem, você que tem um Border em casa deve estar atento. Leve-o para passear por mais tempo na rua quanto possível porque esses cães, quando presos em apartamentos, por exemplo, acabam ficando muito ansiosos.

Se adotar uma rotina de passeios com ele, você vai ter uma parceria fiel por muitos anos. E esses passeios também ajudarão a moldar o comportamento do Border.

Por serem extremamente focados podem desenvolver comportamentos obssessivos, portanto saiba sempre quando parar nas brincadeiras.

Compartilhe!