Dedique uma hora na rua com o cão

 

Hoje vamos ajudar você que está começando a atuar como dog walker a estabelecer os critérios para a prestação de serviço. Assim, alguns itens deverão ficar claros e, preferencialmente, contemplados em contrato. Aqui abordaremos alguns fatores externos.

As saídas deverão ficar entre 45 minutos e uma hora por dia, conforme a avaliação no estado físico do cão. Nunca devolva o cão num tempo menor que o combinado.

Todo cão deve ter a oportunidade de sair do espaço onde permanece a maior parte do tempo não só para ser desgastado fisicamente mas também mentalmente, farejar, visualizar outras paisagens é de extrema importância.

Se você acha, por algum motivo, que seu cão não aguentará uma hora de caminhada lembre-se disso: ao invés de caminhar dez quarteirões como um cão ativo, reduza o percurso para quatro quarteirões em um ritmo mais lento.

O importante é esse cão estar interagindo por uma hora fora de casa. Afinal, ele terá as outras 23 horas do dia para descansar e acumular nova energia.

Ah, o tema é longo e vem mais por aí. Fique conosco e curta, comente e compartilhe nossos materiais.

Compartilhe!