O cuidado com as unhas acaba passando despercebido pelos donos de cães, que só se lembram quando o animalzinho os arranha ou começa a sentir incômodo ao caminhar.

As unhas dos nossos pets se desgastam por natureza quando os bichinhos caminham por solos ásperos, mas hoje em dia esse cuidado fica cada vez mais escasso com a vida nas casas e apartamentos. Para cortar as “garras” é preciso um material especial para unhas caninas, uma vez que o “sabugo”, isto é, a parte interior da unha pode causar dor e sangramento caso seja machucado.

Por isso, posicione o alicate em um ângulo de 45 graus e mantenha distância do sabugo. Em unhas claras é possível identificar a veia. Mas, se o seu pet tiver a unha escura, corte aos poucos. Se sentir que pode machucar o animal, procure um profissional.

É importante manter as unhas em dia, uma vez que quanto mais a unha crescer, mais esse interior que chamamos de sabugo também cresce, deixando o processo mais dolorido e incômodo para o animal. Além de que unhas longas dificultam a caminhada do animal.

Machucou o seu pet sem querer? Fique tranquilo, estanque o sangramento com um pouco de pó hemostático, o mesmo que manicures utilizam quando machucam a cutícula de clientes nos salões de beleza.

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

 

Compartilhe!