Assim como nos humanos, tudo o que é em excesso pode causar mal para os cães. Se uma mãe trata um filho mimando demais, com dependência, insegurança e de forma autoritária, logicamente isso não terá consequências positivas.

Portanto, tratar o seu cão como filho não é errado, desde que seja de forma ponderada. Um cão deve ser ensinado a ser seguro, independente, apto para seguir seus instintos naturais, seguidor de regras, ser amigo e companheiro. Se você faz isso, perfeito!

“Humanizar” seu pet pode trazer algumas consequências para o seu comportamento que futuramente serão um problema, como a ansiedade, transtornos, medos e fobias.

Devemos nos lembrar que os cães tem instintos hábitos que precisam ser cultivados (de forma regrada) para que o seu comportamento e saúde estejam sempre em dia, portanto, trate o seu cão como o filho peludo que ele é, mas de forma equilibrada!
Lembre-se também que a linguagem dos cães não é a mesma que a nossa, por mais que compreendam muitas coisas, humanizá-lo pode trazer alguns conflitos de linguagem que resultarão em desvios de comportamento. Muitas das coisas que nos incomodam em nossos cães foi adquirida por nossas sinalizações a eles!

 

Baixe o App da Cão Ativo Club e fique por dentro das melhores dicas do mundo canino! Disponível na App Store e Google Play.

Se você tem algum tipo de problema específico que gostaria de tirar dúvida com a gente, mande um e-mail para contato@caoativoclub.com.br que o Fernando te responde!

 

Compartilhe!