Conheça o cachorro com o qual vai trabalhar

 

O test drive, ou visita ao cliente, é um fator que pode ser determinante para você, novato na atividade de dog walker. Quando da visita, certifique-se de algumas questões importantes: leve sua guia e coleira para, se houver a oportunidade de fazer um ‘test drive’ com o cão, possa iniciar com uma postura adequada frente ao mesmo.

Evite interagir de imediato com o cão. Deixe-o bem à vontade para farejá-lo, identificá-lo e ao sentir-se seguro a sua presença relaxar e liberar o contato. Esses códigos devem ser identificados pelo profissional nas expressões do animal.

Explique ao cliente que o serviço de um dog walker não deve ser considerado um adestramento nem um simples passeio. São saídas diárias em horários fixos com orientações ao cão. Este esclarecimento deve ser feito para evitar cobranças posteriores.

O “test drive” com o animal é fundamental ainda para avaliar questões comportamentais e hábitos do cachorro.

Caso o cliente demonstre interesse em ir junto nesta saída será sempre bem vindo, pois é uma grande oportunidade para conversarem sobre o comportamento do animal com relação a outros cães e pessoas. Observe igualmente como o dono reage com relação ao próprio cão.

Curtiu essa dica? Então mostre para nós. Curta, comente e compartilhe este e outros ”cãoteúdos” do Cão Ativo Club.

Compartilhe!