Ensine seu cão a ir ao banheiro sem maltratá-lo
É possível educar o seu filhote para que ele faça suas necessidades fisiológicas num espaço escolhido a dedo na sua casa? Sim. Mas esse é um exercício de paciência, muitas vezes.

O ponto de partida é escolher exatamente onde será o “banheiro”. Uma vez que o local tenha sido escolhido, marque o bichinho de forma cerrada. Se ele tentar fazer cocô ou xixi fora do lugar, não hesite em interrompê-lo. Se ele terminar o “serviço” ele se sentirá satisfeito e tentará fazer outras vezes em qualquer local.

Evite dar broncas. Lembre-se: não é uma criança e sim um cachorro e ele não vai associar a bronca com o ato de urinar ou fazer cocô que ele fez há dez minutos atrás. Evite por igual esfregar o focinho do animal no xixi ou nas fezes. Isso só traz insegurança, medo e até agressividade por reação e defesa.

Uma boa fórmula de evitar que o seu cão faça suas necessidades fora de lugar é o uso de eliminadores de enzimas. Só produtos de limpeza não eliminam o cheiro e o filhote pode insistir em continuar evacuando no local indesejado.

Nunca deixe o cão à vontade em um ambiente sozinho enquanto não fixar suas necessidades no local correto. Caso você vá sair e não haja ninguém para vigiá-lo limite seu espaço, deixe-o em um local menor com sua água, caminha e tapetinho higiênico para que esteja próximo dele quando der vontade e as chances de ir acertando serão muito maiores e mais rápidas. Libere-o quando chegar e fique de olho para corrigi-lo assim que começar a farejar muito um local. Diga de forma firme e calma a palavra “não” e leve-o até seu reservado e deixe-o por lá até que faça suas necessidades, Em geral, um filhote a cada duas ou três horas terá vontade de se aliviar.

Gostou das dicas? Comente e compartilhe nossos materiais com os seus contatos que, como nós, amam cachorros.

#caoativo #caoativoclub #fernandobaiardi

Compartilhe!