Descanso após maratona olímpica

 

As olimpíadas já passaram pelo Rio de Janeiro e o saldo não é muito animador: parque olímpico sucateado, milhões de reais foram pelo ralo, gente enriqueceu e nós, meros mortais, ficamos sem entender o tal de “legado olímpico”. Quer dizer, em termos.  Para nós, do Cão Ativo Club, o legado olímpico que ficou pode ser representado pela nossa musa, a Ianca.

Um dos cachorros que ela mais conviveu e convive ainda hoje – com frequência mais espaçada – se chama Mel, uma labradora de quase 14 anos.

As duas foram companheiras de muita praia, muitas trilhas e muitas aventuras juntas. Na praia, enquanto a Mel adorava nadar (como todo labrador), Ianca mantinha a finesse e a segurança e permanecia esperando a “amiga” no raso sempre.

Eu falava de esporte olímpico e não minto. Eu sempre achava um toco de árvore ou galho mais pesado e jogava no mar. Lá ia a Mel no fundo buscar o brinquedo, Mas bastava chegar à praia para a Ianca tomar o toco da boca da amiga.

Alguém pode sugerir se a Mel ficava braba com a atitude? Que nada. Ianca devolvia o pedaço de madeira pra mim, eu jogava ainda mais longe no mar e lá íamos nós tudo outra vez. Trabalho de equipe perfeito, não?

Gostou de mais uma aventura da nossa mascote? Então curta, comente e compartilhe nossos conteúdos.

Compartilhe!