Bebês e cães podem ter convivência saudável

 

Há muita polêmica em torno do tema da convivência entre cachorros e bebês. Em vídeos da internet, por exemplo, todos nós que temos fascínio por bebês e cães ficamos babando. São minutos de riso, alegria e cumplicidade adoráveis.

Claro que existem abusos: quem não viu o vídeo do pai ou mãe que colocou o bebê deitado no peito de uma cadela pit bull? “E se dá uma louca no bicho?”, imaginam pais e mães assustados.

A convivência entre cães e bebês deve ser ponderada. Portanto, por mais dócil que seja um cachorro de grande porte da raça pit bull ou rotweiller, não é recomendável uma proximidade imediata. Muito menos você jogar o cachorro fora em função do bebê. Desumanidade e crueldade nunca.

Para quem é mais preocupado com a questão da saúde dos bebês em função da proximidade com cachorros, uma boa notícia. Estudos realizados pelo Hospital Universitário Kuopio, na Finlândia, aponta que os cachorros podem beneficiar muito os bebês, aumentando a imunidade das crianças, sobretudo contra problemas respiratórios e infecções.

A pesquisa foi realizada com 397 crianças nascidas no hospital entre setembro de 2002 e maio de 2005. Segundo o estudo, os bebês que tinham contato cachorros ou gatos tiveram menos infecções no ouvido, entupimento de nariz e tosse. O uso de antibióticos também registrou queda.

A razão para o aumento de imunidade dos jovens amigos de cães se deve ao fato de que os pelos dos cachorros conduzem alguns germes e bactérias para dentro de casa. É exatamente esse fator que provoca o amadurecendo do sistema imunológico dos bebês.

O mesmo estudo apontou ainda que crianças sem contato com cachorros em casa eram saudáveis em 65% do tempo. O índice de crianças saudáveis saltou a 76% para os pequenos que conviviam de perto com os pets.

Os pesquisadores do Hospital Universitário finlandês assinalaram ainda que bebês que convivem com cães possuem 44% menos chances de ter infecções de ouvido. O emprego de antibióticos com crianças com esse perfil teve queda de 29%.

Que boas notícias para os pets e os bebês, não?! Quer saber mais dos nossos amigos de quatro patas. Não ouse trocar de estação. Curta, comente e compartilhe os posts do Cão Ativo Club nas suas redes.

Compartilhe!